São Pacômio

Imagem São Pacômio

São Pacômio nasceu no Egito no ano de 287, filho de pais pagãos, mas desde sua infância mostrou grande aversão a tudo isso.

Aos vinte anos de idade São Pacômio foi convocado para o exército imperial e acabou ficando prisioneiro em Tebes. Foi quando fez o seu primeiro contato com os cristãos, cuja religião até então lhe era desconhecida.

São Pacômio conheceu a bondade dos cristãos que neste período escondidos na noite levavam comida para ele, e então ao os indagar de quem os mandava levar aquele alimento, responderam: "Deus que está no céu”.

A caridade e bondade dos cristãos levou Pacômio a indagar sobre sua fé e ele passou a ser um dos cristãos nas catacumbas e então, recebeu o batismo. São Pacômio também é creditado com vários milagres.

Por um dado período São Pacômio peregrinou pelo deserto com um erêmita conhecido por Palemon, que lhe ensinou uma rotina de orações rígida, e difícil, porém ele não desistiria pois queria se entregar a Deus.

Durante o período que vagou pelo deserto São Pacômio recebeu a mensagem de um anjo que lhe pediu para que construísse um mosteiro, que ali seria um local de grande peregrinação, e lhe explicou como deveria dar seguimento.

Então a profecia se realizou, São Pacômio ergueu seu mosteiro, onde acolheu inúmeros cristãos: erêmitas, peregrinos e viajantes que passavam pelo local, dando início a uma vida monástica baseada no trabalho, e amor a Jesus Cristo.

São Pacômio Curava várias doenças ou aflições mas com uma condição: “somente se fosse para o bem de sua alma”.

Leia Também

Peça sua Benção

img

Pesquisar