São Domingos de Gusmão

Imagem São Domingos de Gusmão

São Domingos de Gusmão, um homem de fé e oração nasceu na Espanha, em Caleruega na Castela Velha no ano de 1170, em berço nobre, pertencendo à linhagem dos Gusmão.

O pai de São Domingos de Gusmão era Félix de Gusmão, que tentou fazer com que o jovem ficasse entusiasmado pelas armas e pelo combate, porém sua mãe Joana de Aza, o tornou mais próximo dos clérigos e monges, despertando a vocação no garoto.

Porém mesmo antes do nascimento de São Domingos, sua mãe Joana havia sonhado com um cão que trazia em sua boca uma tocha que irradiava uma luz sobre o mundo. Porém não era apenas um sonho, mas uma profecia, pois o São Domingo de Gusmão era conhecido por iluminar todo o seu tempo e a igreja com a luz do Evangelho, despegando de si mesmo chegando ao ponto de vender suas posses para comprar comida aos mais necessitados.

São Domingos de Gusmão era um homem de penitência e amor à Palavra de Deus, acolheu o chamado ao sacerdócio em 1203, sendo nomeado cônego, e logo no ano seguinte foi para Roma, para obter a licença do Papa para evangelizar os bárbaros pagãos da Germânia.

Entretanto, o Papa Inocêncio III o orientou para trabalhar na conversão dos Albigenses que se espalhavam por todo o Sul da França com inúmeras heresias. Sendo assim, São Domingos fez do sul da França, o seu principal campo de ação.

Quando os hereges se depararam com a luz de São Domingos de Gusmão, muitos aderiram à Verdade, pois nesta altura já nascia, no ano de 1215 em Tolosa, a primeira casa dos Irmãos Pregadores, também conhecidos como Dominicanos (cães do Senhor) que na mendicância, amor e propagação do Rosário da Virgem Maria, rígida formação teológica e apologética, levavam em comunidade a Véritas, ou seja, a verdade libertadora.

São Domingos de Gusmão faleceu com 51 anos e foi canonizado pelo Papa Gregório IX, em 1234.

Leia Também

Peça sua Benção

img

Pesquisar