Santo Agostinho

Imagem Santo Agostinho

Nascido na cidade de Tagaste (atual Argélia) no Norte da África com o nome de Aurélio Agostinho no dia 13 de novembro de 354 vivia em uma região dominada pelos romanos. Santo Agostinho era filho de Patrício um pagão proprietário de terras, e Santa Mônica.

Apesar de seu pai pagão Santo Agostinho recebeu de sua mãe Santa Mônica uma educação na fé cristã, porém devido ao mal exemplo do pai pouco se importava com a fé.

O Aprendizado

Aos 17 anos de idade Santo Agostinho partiu para Cartago, onde foi acolhido por Romaniano, e durante três anos estudou inúmeros livros, principalmente "Hortênsio" de Cícero, que lhe causaram profunda impressão, além disso se dedicou também aos estudos da filosofia e da dialética.

Professor e Filósofo

Santo Agostinho retorna para sua casa em Tagaste já formado professor, trazendo consigo uma mulher e um filho, seguindo rumo a Cartago como professor, em seguida para Roma e Milão onde ficaria conhecido por suas habilidades com a retórica, sendo que lá ganharia sua cátedra de retórica da casa imperial.

A mudança na vida de Santo Agostinho

Apesar de toda sua capacidade intelectual Santo Agostinho ainda sentia um vazio dentro de si, não encontrava as respostas que buscava mesmo com todo seu conhecimento, seguindo por diversas correntes filosóficas e religiosas, dentre elas o maniqueísmo.

Após muita insistência de Santa Mônica Santo Agostinho começou a acompanhar os Sermões de Santo Ambrósio, e a partir daquele momento começava uma grande mudança em sua vida.

Conversão verdadeira

Conta a história que Agostinho de Hipona aceitou uma verdadeira conversão, quando em um momento que lutava contra os desejos da carne ouvia uma voz que lhe dizia:"toma e lê, toma e lê", então tomou em suas mãos o livro das Epístolas de São Paulo que se encontrava em sua mesa, abriu-o e leu: "Não em orgias e bebedeiras, nem na devassidão e libertinagem, nem nas rixas e ciúmes. Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e não procureis satisfazer os desejos da carne" (Rm 13, 13). Então a partir desse momento não precisava mais seguir com a leitura, tomando então uma decisão direta e firme como se a luz de Deus preenchesse seu vazio.

Teólogo, Filósofo e Escritor

Apartir deste momento Santo Agostinho escreveu obras extremamente importantes para a Igreja, entre elas "A Cidade de Deus" onde enfrentava fortemente as heresias daquele período, além disso podemos citar: Da Doutrina Cristã (397-426), Confissões (397-398), Da Trindade (400-416).

Ascenção aos Céus

Aos 76 anos, no dia 28 de agosto de 430 Santo Agostinho adentrava aos céus, como bispo de Hipona santo, sábio, apologista e fecundo filósofo e teólogo da Graça e da Verdade.

Mais sobre Santo Agostinho

Leia Também

Peça sua Benção

img

Pesquisar