Santo Afonso Maria de Ligório

Imagem Santo Afonso Maria de Ligório

Santo Afonso Maria de Ligório, nasceu no dia 27 de setembro de 1696, no povoado de Marianela, em Nápoles na Itália, no berço de uma família nobre e cristã que fez de tudo para que o jovem se desenvolvesse com um futuro brilhante.

Santo Afonso Maria de Ligório recebia de seu pai uma educação rígida nos estudos científicos e acadêmicos, porém sua mãe nunca perdeu a preocupação com os caminhos de Deus. Sendo assim Santo Afonso se tornou um cristão fervoroso.

Devido a sua grande cultura e inteligência com apenas 16 anos de idade Santo Afonso Maria de Ligório era músico, poeta, escritor e se doutorou em direito civil e eclesiástico, porém apesar de sua origem nobre sempre atendeu a todos independente de sua condição com o mesmo empenho, sendo um advogado muito bem sucedido.

Um dia a vida de Santo Afonso de Ligório mudaria, pois devido a desonestidades acabou perdendo uma causa importante. Depois do ocorrido ele decidiu abandonar sua carreira e sua vida nobre e viver em entrega a Deus. Ele concluiu os estudos de teologia, sendo ordenado sacerdote aos trinta anos, em 1726

Mesmo após ser ordenado sacerdote Santo Afonso maria de Ligório ainda não tinha completa aceitação de sua família. Porém ao ver a forma da qual Afonso colocava seus talentos a serviço de todo o povo e Deus em suas pregações acabou aceitando de bom grado a decisão do filho.

A palavras de Santo Afonso Maria de Ligório  eram um bálsamo aos que procuravam a reconciliação e orientação, através do confessionário, ministério ao qual se dedicou durante todo o seu apostolado.

Aos que lhe perguntavam qual era seu lema, Santo Afonso dizia: "Deus me enviou para evangelizar os pobres".

No ano de 1732,  Santo Afonso Maria de Ligório fundou a Congregação do Santíssimo Redentor, destinada exclusivamente à pregação aos pobres, às regiões de população abandonada, sob a forma de missões e retiros.

Em 1762 aceitou ser o Bispo da diocese de Santa Águeda dos Godos. Entretanto, a saúde enfraquecida o fez retirar-se de volta para o convento, onde continuou a escrever.

Durante a vida chegou a escrever mais de 120 livros e tratados. Dentre os mais célebres estão: Teologia Moral; Glórias de Maria, Visitas ao SS. Sacramento e o Tratado sobre a oração. Afonso Maria de Ligório morreu aos noventa e um anos no dia 1º de agosto de 1787. Santo Afonso é doutor da Igreja e padroeiro dos confessores e moralistas.  

Leia Também

Peça sua Benção

img

Pesquisar