Santa Eudóxia - Santo dia 1 de março

Imagem Santa Eudóxia - Santo dia 1 de março

Eudóxia nascida na Palestina em Samaria aldeia que se recusou a receber Jesus devido a rivalidade existente entre os dois povos. Foi também lá que aconteceu um importante e maravilhoso encontro de Jesus com uma moradora local, que acolheu Jesus e se converteu.

Apesar de nascida na região da Palestina, Eudóxia em Heliópolis na Fenícia, era uma mulher de grande beleza, que devido aos impulsos pagãos abandonou sua família e viveu uma vida devassa e de libertinagem.

Tamanha era sua beleza, que recebia presentes de vários homens que buscavam casar-se com ela, por conta disso acumulando enormes riquezas durante os anos.

A Conversão

Certa vez enquanto ouvia o monge Germano orar, ela encantou-se por aquelas palavras, e decidiu aprender mais sobre elas, sendo assim Santa Eudóxia, passou um longo período isolada e aprendendo mais sobre a palavra de Deus.

Durante o período de estudos com Germano, Santa Eudóxia teve uma visão de São Miguel Arcanjo, confirmando assim seu arrependimento e conversão, logo em seguida retornando a Heliópolis onde seria batizada, em seguida libertando seus escravos e doando seus bens aos mais pobres.

A Perseguição

Após seu batismo e conversão Santa Eudóxia viveu vários anos em um convento feminino, orando para purificar sua alma, encontrando assim o amor de Deus.

Durante o período no convento Santa Eudóxia realizou várias curas através de suas orações, tornando-se famosa em toda região, mas com isso acabou despertando a ira do então prefeito Aureliano, um homem pagão, que daria ordens para que o convento fosse invadido, e Santa Eudóxia fosse executada.

Os soldados enviados ao se aproximarem dos portões do convento sequer conseguiam passar, e acabavam voltando assustados afirmando ver imagem de um dragão, que de acordo com Santa Eudóxia era a presença de São Miguel Arcanjo que protegia o local.

Após várias tentativas frustradas Aureliano envia mais tropas ao convento, desta vez sob a liderança de seu filho que ao avistar a imagem do dragão que protegia o local caiu morto no instantaneamente, o prefeito então sem saber o que fazer pede a um tribuno que busque o corpo de seu filho.

O tribuno então envia uma carta para Santa Eudóxia que o responde dizendo que ao ver o corpo do rapaz ela o ressuscitou, fazendo com que após este milagre Aureliano e sua família se convertessem ao cristianismo.

Morte e Canonização

Após o milagre do filho de Aureliano, eudóxia se dedica a curar os enfermos e auxiliar os necessitados, convertendo vários pagãos ao longo do tempo, se tornando Madre Superiora do convento.

Mais tarde seria denunciada ao imperador Trajano que ordenaria sua execução.

Santa Eudóxia então foi executada em 1º de março de 114, sendo canonizada logo após sua morte devido ao martírio de dar sua vida pela fé em Jesus Cristo.

Até hoje a tradição e os festejos em sua homenagem continuam na data de 1º de março para relembrar seu exemplo.

Leia Também

Pesquisar