Novena ao Sagrado Coração de Jesus

Imagem Novena ao Sagrado Coração de Jesus
Esta novena é uma oração na qual a pessoa se dirige ao Sagrado Coração de Jesus apresentando-Lhe as razões mais fortes para alcançar as graças temporais e, sobretudo, espirituais desejadas.
 
Assim como o melhor dos pais atende com maior solicitude a um filho, de acordo com o pedido e o modo de pedir, também o Sagrado Coração de Jesus é mais propenso a nos conceder o que precisamos quando, por meio do Imaculado Coração de Maria, alegamos altas razões em nosso favor.
 
É recomendável, ainda, a récita da ladainha do Sagrado Coração de Jesus, enriquecida pela Igreja com indulgências parciais (cf. Enchr. Indulg., conc. 22).
 

Oração preparatória

 
Lembrai-vos, ó dulcíssimo Jesus, que nunca se ouviu dizer que alguém, recorrendo com confiança ao vosso Sagrado Coração, implorando vossa divina assistência e reclamando a vossa infinita misericórdia, fosse por Vós abandonado. Possuído, pois, e animado da mesma confiança, ó Coração Sagrado de Jesus, Rei de todos os corações, recorro a Vós, e gemendo sob o peso de meus pecados, me prostro diante de Vós. Meu Jesus, pelo vosso precioso Sangue e pelo amor de vosso divino Coração, não desprezeis as minhas súplicas, mas ouvi-as favoravelmente e dignai-vos atender-me. Amém. 
 

Dia 1 - Coração de Jesus, Templo da Santíssima Trindade

Pondera, alma minha, como o Coração de Jesus foi o templo mais sagrado que neste mundo teve a Trindade Santíssima e Beatíssima. Um só ato de amor ou de reverência, ou de adoração, ou de outra qualquer virtude que saiu deste Coração unido à Pessoa do divino Verbo era para Deus de estima infinitamente maior que todos os atos que podiam formar todas as criaturas do mundo, ainda que todas fossem abrasados serafins. Considera, pois, alma minha, que aumentos de glória teria a Santíssima Trindade com as adorações e louvores que Jesus Cristo lhe deu neste templo? E se tu, alma minha, também deves ser templo da Santíssima Trindade pela graça, pede a este Senhor que faça o teu coração conforme a este ardentíssimo Coração. 

Pai-nossoAve-Maria e Glória.

?. Jesus, manso e humilde de coração,
?. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso.

Reza-se a última oração, no final.

 

Dia 2 - Coração de Jesus, Artífice do Santíssimo Sacramento

Pondera, alma minha, que do soberano Coração de Jesus saiu o Diviníssimo Sacramento, onde temos depositado o Sangue sacratíssimo que manou do seu lado; e foi tal a fineza do Coração de Jesus, disse o Senhor a uma serva sua, que, se não se deixara no Santíssimo Sacramento, não poderia morrer na Cruz. Tão apegado estava aquele amante Coração aos homens que, impaciente de ausências, vendo que havia de partir para o Pai, inventou esta indústria amorosa de partir e ficar juntamente, de glorificar os santos no Céu e nos fazer companhia na terra. Considera, alma minha, quanto deves ao abrasado Coração do teu Senhor, e confunde-te de tão pouco lhe agradeceres por realizar, com a instituição do Santíssimo Sacramento, a ideia de boa obra em que Ele te comunica infinitos bens. 

Pai-nossoAve-Maria e Glória.

?. Jesus, manso e humilde de coração,
?. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso.

Reza-se a última oração, no final.

 

Dia 3 - Coração de Jesus, Sarça de penetrantes espinhos

Pondera, alma minha, que desde que principiaram neste Coração os alentos da vida, até que se exalaram na morte, nunca viveu sem penas este inocente Coração, porque, como, logo que esteve animado, aceitou o preceito de padecer pelos homens, logo com a vida principiaram suas penas. Antes que chegassem os tormentos exteriores, Jesus tolerava interiormente as penas, vendo as grandes ofensas que os homens faziam ao seu Eterno Pai. No Horto foi tão viva a representação de suas penas, que rompeu-se-lhe o sangue por todos os poros. E se as penas somente consideradas causaram-lhe tanta amargura, que seriam quando verdadeiramente padecidas? Confunde-te, alma minha, da tibieza com que amas este Divino Coração, e da negligência com que não o imitas, pois tanto te repugna padecer, e tanto foges de mortificar-te. 

Pai-nosso, Ave-Maria e Glória.  

?. Jesus, manso e humilde de coração,
?. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso. 

Reza-se a última oração, no final.

 

Dia 4 - Coração de Jesus, Fornalha abrasadíssima de caridade

Pondera, alma minha, que o extremo com que este Sagrado Coração amou e ama a Deus, só o mesmo Deus o pode compreender. O peito era fornalha de incêndios, o Coração era mina de labaredas que subiam tão alto, que lá iam rematar em Deus. Veio à terra este ardentíssimo Coração para lhe pôr fogo, e sendo o mundo tão grande, ainda sobrariam incêndios, se o mundo fôra infinitas vezes maior. As raras finezas que o Senhor obrou por nós e os contínuos benefícios que nos está fazendo, tudo são chamas que continuamente saem dessa fornalha de abrasadíssima caridade. E é possível, alma minha, que vendo o teu coração rodeado de tantas chamas quantos são os benefícios que recebes do Coração de Jesus, ainda esteja tão fria e tíbia? 

Pai-nossoAve-Maria e Glória.  

?. Jesus, manso e humilde de coração,
?. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso. 

Reza-se a última oração, no final.

 

Dia 5 - Coração de Jesus, Paraíso de delícias celestiais

Pondera, alma minha, que neste suavíssimo Coração se encerram todas as delícias do Paraíso. Ele é o mar onde elas entram, e de onde saem todos os rios dos divinos regalos; entram nele, comunicados por Deus, e saem dele para deliciarem as almas justas. No paraíso deste Coração deu o Senhor entrada a muitos santos que se singularizaram em virtudes eminentes, e vendo-se eles quase submergidos em um mar de consolações, pediam ao Senhor que os moderasse, porque sem desfalecerem não podiam suportar abundância tão excessiva. Pobre de ti, alma minha, que tão pouco participas destas riquezas! Mas de que te admiras, se tu não amas aquele centro de amor? Aprende tu a amá-lo, e far-te-ás digna das delícias deste paraíso. 

Pai-nossoAve-Maria e Glória.  

?. Jesus, manso e humilde de coração,
?. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso. 

Reza-se a última oração, no final.

 

Dia 6 - Coração de Jesus, Tesouro riquíssimo de graças

Pondera, alma minha, que assim como o tesouro é um agregado de muitas riquezas, também o Coração de Jesus é um depósito de infinitas graças. Aqui acharás uma inocência suma, uma humildade profundíssima, uma fortaleza imensa, uma sabedoria infinda; e enfim, para fazeres conceito das graças e riquezas deste tesouro, hás de primeiro considerar quem as comunicou e a quem se comunicaram. O Eterno Pai foi quem as comunicou, e o Filho de Deus foi a quem se comunicaram. E tendo o Eterno Pai uma liberalidade infinita, que graças não receberia o Filho de Deus desta infinita liberalidade? Aqui se perde o juízo e aqui se abisma a consideração humana. Alma minha, se as graças deste tesouro são tantas, ama tu a este Coração para poderes participar das suas riquezas. 

Pai-nossoAve-Maria e Glória.  

?. Jesus, manso e humilde de coração,
?. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso. 

Reza-se a última oração, no final.

 

Dia 7 - Coração de Jesus, Abismo de imensa piedade

Pondera, alma minha, que é tão piedoso este amante Coração, que a ninguém nega sua piedade; tanto que, se alguma alma aflita recorre a Ele com viva fé, logo acode a consolá-la com seu remédio; tanto que, quando vê algum atribulado, logo corre, piedoso, com seu afeto para o socorrer. Vendo-se ofendido com as nossas culpas, dissimula tudo, e espera o nosso arrependimento para nos perdoar. Se depois de arrependidos tornamos a cair nas mesmas misérias, ainda não cansa a sua paciência, ainda não esgota a sua misericórdia, ainda não fecha as portas da sua piedade, mas antes nos busca com auxílios e nos chama com repetidas inspirações, e se nos voltamos para Ele, logo se alegra e se põe bem conosco. E crendo tu, alma minha, tudo isto, não morres de amor por este Coração? 

Pai-nossoAve-Maria e Glória.  

?. Jesus, manso e humilde de coração,
?. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso. 

Reza-se a última oração, no final.

 

Dia 8 Coração de Jesus, Atrativo dos nossos corações

Pondera, alma minha, o que disse Nosso Senhor: que só depois de ser exaltado na Cruz, e não antes, é que lhe abririam o lado, ficando assim patente o seu amante Coração. Porque julgou o Senhor que quem pusesse os olhos nele, atraído por uma suavíssima violência, certissimamente se havia de render. E se tu, alma minha, te não rendes, é porque não pões nele os olhos. Se tu viras que deste Coração manam as celestes verdades, com que se afugentam as trevas das culpas; se tu viras que dele mana o fogo que abrasa as almas frias, as luzes que desterram as nossas ignorâncias, as misericórdias que lavam as nossas culpas, as doçuras, os auxílios, as inspirações... e enfim, se viras que deste Coração mana todo o bem, deixarias tu, alma minha, de amar este Coração? Deixarias de ficar presa em laços de tanto amor? 

Pai-nossoAve-Maria e Glória.  

?. Jesus, manso e humilde de coração,
?. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso. 

Reza-se a última oração, no final.

 

Dia 9 - Coração de Jesus, Penhor de vida eterna

Pondera, alma minha, que assim como o coração humano é o princípio da vida temporal, assim o Coração de Jesus é para nós o princípio da vida eterna; porque, se para a vida eterna é necessário o perdão das culpas e a remissão dos pecados, saindo deste Coração sangue e água, e tendo nós o Sangue de Cristo como fundamento de nossa redenção, e na água uma representação do Batismo, sem o qual ninguém entra na glória, segue-se daqui que este Coração é a porta por onde todos entram para a vida eterna. Assim como Deus lá no Paraíso deu a vida ao homem com um sopro, também com um outro sopro infundiu Cristo nos seus discípulos a graça do Espírito Santo, porque, como o hálito da boca sai do coração, quis Cristo mostrar que do seu Coração é que nos vem a graça. Pois, alma minha, se tu crês tudo isto, sabe, que se amares a este Divino Coração, e o imitares, alcançarás a graça, e conseguirás a glória na vida eterna. 

Pai-nossoAve-Maria e Glória.  

?. Jesus, manso e humilde de coração,
?. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso. 

Reza-se a oração abaixo.

 

Oração final. — Dulcíssimo Coração de Jesus, vosso precioso Sangue é a vida da minha alma; só em Vós quero viver, só a Vós quero amar e servir. Pela sede ardente que vos abrasa de me salvar, iluminai o meu espírito com a luz de vossa divina graça. Santificai o meu coração, fortalecei a minha vontade, perdoai os meus pecados e curai todas as minhas misérias. Aumentai minha fé, fortificai a minha esperança e acendei em mim cada vez mais o fogo do vosso santo amor. Concedei-me, enfim, todas as graças que espero alcançar com esta novena. Ó dulcíssimo Jesus, vivei em mim agora e por todo o sempre. Amém. 

?. Doce Coração de Jesus,
?. fazei que eu vos ame cada vez mais!

 

 

 

Fonte: padrepauloricardo.org

Leia Também

Peça sua Benção

img

Pesquisar