Eucaristia

Imagem Eucaristia

É o ápice da nossa fé. Nela encontramos o próprio Corpo e Sangue de Jesus: a entrega total, para que toda a eternidade possa receber o filho de Deus como alimento para a alma. É o sinal da unidade, o vínculo da caridade, o banquete pascal, no qual se recebe Cristo, a alma é coberta de graça e é dado o penhor da vida eterna.
A Eucaristia foi instituída na quinta-feira Santa, quando aconteceu a última ceia de Jesus com Seus discípulos, em que Ele anunciou sua morte, a traição de Judas e Sua ressurreição depois de três dias.
Na celebração eucarística nos unimos à vida eterna e celestial, a comunhão da vida divina com a terrena. É neste momento clímax da Missa que todos somos chamados de Povo de Deus.
A presença de Jesus na Eucaristia é algo único e insubstituível: sob as espécies eucarísticas do pão e do vinho, Cristo se dá todo por inteiro.

Como pode ser o Corpo e Sangue de Jesus?

Por meio da Transubstanciação, a conversão de toda a substância do pão na substância do Corpo de Cristo e de toda a substância do vinho na substância do seu Sangue. Ela acontece mediante a Palavra de Cristo e a ação do Espírito Santo.

O que eu preciso fazer para receber a Eucaristia?

Deve-se estar ciente e condizente com tudo o que a Igreja exige de cada um de nós. É necessário também estar em estado de graça, ou seja, sem ter cometido um pecado grave (por isso, é necessário sempre se reconciliar com Deus por meio do Sacramento da Reconciliação).
Receber Jesus na Eucaristia é o momento sublime para todos os cristãos. Por isso, o respeito e o gesto concreto da oração também são fatores essenciais.
"Na Eucaristia, nós partimos 'o único pão que é remédio de imortalidade, antídodo para não morrer, mas para viver em Jesus Cristo para sempre'" (Santo Inácio de Antioquia)

Leia Também

Deixe seu comentário

img

Pesquisar