Entendendo a Humildade a partir dos exemplos de Deus

Imagem Entendendo a Humildade a partir dos exemplos de Deus

A humildade é uma virtude fundamental na prática da palavra de Deus, uma vez que atrai para si o amor a Ele e dos envolvidos na vida. A primeira leitura nos aconselha: “Nos teus assuntos, procede com humildade, e haverão de amar-te mais que ao homem generoso. E na mesma passagem: Torna-te pequeno nas grandezas humanas, e alcançarás o favor de Deus, e Ele revela os seus segredos aos humildes” (Eclo 3,19-21. 30-31).

É por isso que o homem humilde atrai para si outras virtudes e assim, constrói um círculo da vontade Divina e de bem ao próximo. Entretanto, engana-se quem acredita que a humildade é subordinar-se ao outro. Na verdade, a humildade está ligada ao respeito, paz, bondade e simplicidade com si e com os outros. Dessa forma, somos abençoados com a graça de Deus. “E vos jovens sujeitai-vos aos mais velhos. E todos vocês devem revestir-se com humildade para com o outro. Porque Deus resiste aos soberbos, mas aos humildes dá graça”. (Pedro 5,5-6)

Para isso, os cristãos devem procurar agradar a Deus com as nossas vidas, bem como temê-lo e obedecer a sua palavra. Além disso, deve-se compreender no coração e obedecer aos mandamentos e a vontade Dele, com o objetivo de crescer espiritualmente na palavra do nosso Senhor e ouvir o Espírito de Deus falando aos nossos corações. “Nunca lhes falte o zelo, sejam fervorosos no espírito, sirvam ao Senhor”. (Rm12:11).

Outro ponto importante no seguimento da vida de Deus é deixar Ele usar-nos como um instrumento de propagação da humildade e demais virtudes tais como ele quer em qualquer situação. Para isso, cada ser humano possui em si talentos e dons para a realização desse projeto. “Ter uma mentalidade humilde é, pensar com moderação sobre si mesmo. Isto significa não se gabar das suas competências e habilidades. Também reconhecer que a nossa capacidade vem de Deus em todas as coisas”. (2. Cor. 3,5)

Um dos obstáculos mais grave entre os cristãos católicos à está a soberba, na qual o demônio incita um falso fervor de superioridade perante os outros seres humanos. Em contrapartida, a humildade vem dizimar esse pecado, trazendo ao ser humano, uma maior elevação da alma e sentimento verdadeiro de felicidade. “A humildade é necessária sobretudo para remover os obstáculos naturais à graça: " Deus resiste aos soberbos, mas concede a graça aos humildes" (Tg 4, 6).

A humildade de Jesus

À exemplo disso, está Jesus Cristo, que assumiu a posição de escravo perante ao Pai e como semelhante a todos os homens. Ele não valorizou a sua própria honra, mas sim a de Deus, e escolheu por voluntariar-se a vontade do Senhor em qualquer situação, atraindo assim, milhares de fiéis, que foram beneficiados com seus ensinamentos e milagres.

Um dos desejos de Deus para nossa vida é que sejamos essas pessoas com mentalidade humilde e anseio de fazer Sua vontade. Um dos ensinamentos da Palavra é a humildade. Ela impede que o orgulho transborde em nosso coração e nos leva mais perto Dele.

O avanço no caminho que nos levará a alcançar a graça está diretamente ligado ao progresso em nossa vida em Cristo.

Leia Também

Deixe seu comentário

img

Pesquisar