Presépio: importância, história e seus significados

Imagem Presépio: importância, história e seus significados

O presépio é uma tradição antiga nos lares cristãos, um ícone que relembra o nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo. Mas você sabe como surgiu o presépio e qual seu significado?

Hoje no Blog da Família vamos conhecer mais a fundo sobre esta tradição tão importante para nós católicos.

São Francisco de Assis e o Presépio

Os primeiros registros de montagem do presépio datam de 1223 foi criado por São Francisco de Assis.  Ele montou a primeira representação confeccionada em argila dentro de uma gruta na Itália, sua intenção mostrar a natividade do Menino Jesus de uma maneira simples.

Porém, não foi fácil popularizar os presépios, pois, nesse período São Francisco encontrava uma grande dificuldade já que a Igreja não permitia representações litúrgicas em suas paróquias. Mas como Francisco estava focado em lembrar das pessoas da importância da natividade de Jesus Cristo pediu ao vaticano uma dispensa dessa proibição.

O Presépio no Brasil

O primeiro presépio foi trazido ao Brasil no século XVI pelo Padre José de Anchieta no ano de 1552, assim iniciando também em nosso país essa linda tradição.

Quando montar o Presépio

Por se tratar de um ícone de uma representação litúrgica o presépio também possui uma data correta para sua montagem e para sua desmontagem.

O presépio sempre deve ser montado no primeiro domingo do advento (primeiro domingo de dezembro), e sua desmontagem deve ser feita no dia 6 de janeiro, quando se celebra a Epifania do Senhor.

Quais as peças que compõem o presépio?

O presépio tradicional é composto por 9 peças que nos trazem a importância da natividade de Nosso Salvador Jesus Cristo.

Menino Jesus: filho de Deus e o Salvador

Virgem Maria: mãe de Jesus Cristo, Nossa Senhora, a virgem santíssima que intercede por nós junto de Jesus Cristo.

São José: o guardião da Sagrada Família, e o pai de criação de Jesus Cristo, um exemplo amor à ser seguido pelos pais das famílias cristãs.

A manjedoura: o primeiro berço de Jesus Cristo, demonstrando que mesmo nascendo em um lugar humilde não deixava de ser o Filho de Deus.

Burro e Boi ou ovelhas: animais do curral, representam a simplicidade do local onde Jesus nasceu, além de serem fonte de calor em uma noite fria.

Anjos: os Anjos no presépio são aqueles que são responsáveis por avisar a chegada de Jesus ao mundo.

Estrela de Belém: a orientação dos Reis Magos para chegar ao local de nascimento de Cristo..

Pastores: representam a simplicidade das pessoas do local em que Jesus nasceu. Além de representar o povo de Deus, aqueles que adentrarão aos céus vivendo em humildade.

Reis Magos: Melquior, Baltazar e Gaspar, que presentearam nosso salvador com Incenso, Mirra e Ouro. 

Monte seu presépio, essa linda representação da Natividade de Jesus deixando o verdadeiro espírito do natal em sua residência.



Leia Também

Peça sua Benção

img

Pesquisar