A beleza do natal

Imagem A beleza do natal

O natal é a data mais importante para todos os cristãos, pois, nele comemoramos a vinda de Jesus Cristo, seu nascimento, e o início da vida do messias.

Natal e sua reflexão

Além do marco da vinda de Jesus Cristo como nosso salvador, o natal é um importante tempo de reflexão, tempo de oração e meditação.

Principalmente durante o mês de dezembro somos convidados a reunir com nossos familiares em oração, carinho e fé, seguindo o exemplo da Sagrada Família de Nazaré de união e respeito no lar.


Celebração do Natal e o Advento

O período do natal é conhecido também como Advento, que significa: fundação, criação, nascimento, que é exatamente o que lembramos durante esse período, o Nascimento do Nosso Senhor.

Para entender melhor a profundidade do natal e os significados do advento, devemos entender que existem neste período, duas figuras que se destacam:

Maria: Nossa Senhora e mãe de Jesus, que é escolhida por Deus para receber seu filho unigênito, o nosso modelo de acolhimento da palavra de Deus, pois, ela aceitou de bom grado a missão de gerar e criar Jesus.

No livro de São Lucas encontramos a anunciação do Senhor, e dentro desse importante livro também vemos a oração Ave Maria, que é a saudação de São Gabriel Arcanjo a Virgem Santíssima.

“A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria.
E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Ave Maria, cheia de graças; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.
E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta.
Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus.
E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.
Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai;”
(Lc 1: 27 - 32)

São João Batista: João é aquele quem recebeu a missão de ser precursor de Cristo, se tornando um exemplo de confiança na palavra de Deus, realizando sua missão espalhando as boas novas da vinda do Messias preparando o caminho para a vinda de Nosso Senhor e Salvador Jesus.

Na bíblia no livro de São Lucas podemos ver a anunciação do nascimento de São João Batista:

“Pareceu-me também a mim conveniente descrevê-los a ti, ó excelente Teófilo, por sua ordem, havendo-me já informado minuciosamente de tudo desde o princípio;
Para que conheças a certeza das coisas de que já estás informado.
Existiu, no tempo de Herodes, rei da Judéia, um sacerdote chamado Zacarias, da ordem de Abias, e cuja mulher era das filhas de Arão; e o seu nome era Isabel.
E eram ambos justos perante Deus, andando sem repreensão em todos os mandamentos e preceitos do Senhor.
E não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e ambos eram avançados em idade.
E aconteceu que, exercendo ele o sacerdócio diante de Deus, na ordem da sua turma,
Segundo o costume sacerdotal, coube-lhe em sorte entrar no templo do Senhor para oferecer o incenso.
E toda a multidão do povo estava fora, orando, à hora do incenso.
E um anjo do Senhor lhe apareceu, posto em pé, à direita do altar do incenso.
E Zacarias, vendo-o, turbou-se, e caiu temor sobre ele.
Mas o anjo lhe disse: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João.
E terás prazer e alegria, e muitos se alegrarão no seu nascimento,
Porque será grande diante do Senhor, e não beberá vinho, nem bebida forte, e será cheio do Espírito Santo, já desde o ventre de sua mãe.
E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus,
E irá adiante dele no espírito e virtude de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à prudência dos justos, com o fim de preparar ao Senhor um povo bem disposto.
Disse então Zacarias ao anjo: Como saberei isto? pois eu já sou velho, e minha mulher avançada em idade.
E, respondendo o anjo, disse-lhe: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado a falar-te e dar-te estas alegres novas.
E eis que ficarás mudo, e não poderás falar até ao dia em que estas coisas aconteçam; porquanto não creste nas minhas palavras, que a seu tempo se hão de cumprir.
E o povo estava esperando a Zacarias, e maravilhou-se de que tanto se demorasse no templo.
E, saindo ele, não lhes podia falar; e entenderam que tinha tido uma visão no templo. E falava por acenos, e ficou mudo.
E sucedeu que, terminados os dias de seu ministério, voltou para sua casa.
E, depois daqueles dias, Isabel, sua mulher, concebeu, e por cinco meses se ocultou, dizendo:
Assim me fez o Senhor, nos dias em que atentou em mim, para destruir o meu opróbrio entre os homens.”(Lc 1: 3-24)

Ainda no livro de São Lucas encontramos também de São João que foi cheio de bençãos, milagres:

“E completou-se para Isabel o tempo de dar à luz, e teve um filho.
E os seus vizinhos e parentes ouviram que tinha Deus usado para com ela de grande misericórdia, e alegraram-se com ela.
E aconteceu que, ao oitavo dia, vieram circuncidar o menino, e lhe chamavam Zacarias, o nome de seu pai.
E, respondendo sua mãe, disse: Não, porém será chamado João.
E disseram-lhe: Ninguém há na tua parentela que se chame por este nome.
E perguntaram por acenos ao pai como queria que lhe chamassem.
E, pedindo ele uma tabuinha de escrever, escreveu, dizendo: O seu nome é João. E todos se maravilharam.
E logo a boca se lhe abriu, e a língua se lhe soltou; e falava, louvando a Deus.
E veio temor sobre todos os seus vizinhos, e em todas as montanhas da Judéia foram divulgadas todas estas coisas.
E todos os que as ouviam as conservavam em seus corações, dizendo: Quem será, pois, este menino? E a mão do Senhor estava com ele.
E Zacarias, seu pai, foi cheio do Espírito Santo, e profetizou, dizendo:
Bendito o Senhor Deus de Israel, Porque visitou e remiu o seu povo,
E nos levantou uma salvação poderosa Na casa de Davi seu servo.
Como falou pela boca dos seus santos profetas, desde o princípio do mundo;
Para nos livrar dos nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam;
Para manifestar misericórdia a nossos pais, E lembrar-se da sua santa aliança,
E do juramento que jurou a Abraão nosso pai,
De conceder-nos que, Libertados da mão de nossos inimigos, o serviremos sem temor,
Em santidade e justiça perante ele, todos os dias da nossa vida.
E tu, ó menino, serás chamado profeta do Altíssimo, Porque hás de ir ante a face do Senhor, a preparar os seus caminhos;
Para dar ao seu povo conhecimento da salvação, Na remissão dos seus pecados;
Pelas entranhas da misericórdia do nosso Deus, Com que o oriente do alto nos visitou;
Para iluminar aos que estão assentados em trevas e na sombra da morte; A fim de dirigir os nossos pés pelo caminho da paz.
E o menino crescia, e se robustecia em espírito. E esteve nos desertos até ao dia em que havia de mostrar-se a Israel.”

(Lc 1:57-80)

Os ícones do natal

Após conhecermos sobre esses dois principais destaques podemos conhecer melhor o período do advento, que é muito bem marcado pela Coroa do Advento, neste artigo explicamos mais sobre esse período, seu significado e a importância da guirlanda: Conheça a coroa do advento e seus significados.

A beleza do natal

A beleza do natal não está somente na festa em si, mas em seu significado, dentro do amor, e do que nos é ensinado em todos os momentos do nascimento e da vida de Jesus.

Família

A beleza do Natal Cristão, não está apenas nas decorações, mas também se encontra no momento da reunião de nossas famílias com amor e oração, tendo como exemplo a Sagrada Família de Nazaré.

Esperança

O período do advento renova as esperanças em nossos corações, pois, representa a salvação.

Gratidão

Os maiores ensinamentos de Jesus Cristo são sobre a gratidão a Deus, e uma das formas a qual podemos fazê-lo é através da caridade como sempre nos foi mostrado por Jesus em seus ensinamentos.

Humildade

A humildade é um dos maiores ensinamentos que temos, como verdadeiros cristãos, como por muitas vezes demonstrou a nós, principalmente na bíblia:

“Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito?
Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou.
Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros.
Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.”
(Jo 13:12-15).

Celebremos o natal, e vivamos esse lindo tempo.

Gostou ? Compartilhe com seus amigos, comente, deixe sua oração e acompanhe o blog da família.

Leia Também

Peça sua Benção

img

Pesquisar